2006/12/08


A domesticação do Zé, é alvo de profundos estudos, pois é com esta domesticação que os vários Partidos que têm estado no poder ao longo destes anos, conseguem sobreviver e conviver com toda a lixeira e hipocrisia que reina neste pais...

Quando chega a altura dos aumentos salariais, começa-se a dizer mal da função publica, que são uns incompetentes, uns preguiçosos, nada funciona – a culpa nunca é de quem coordena, ou seja do governo, mas sim sempre de quem executa as directivas – e por este motivo e claro “porque o pais está mal...” os funcionários públicos vão ter um aumento de x % - abaixo da inflação prevista pelo governo, que nesta altura é sempre menor do que vai ser na realidade, são vícios - , claro que quem é da função publica sente no “pelo” e protesta, quanto aos outros apoiam a medida do governo, pois dizem que os funcionários públicos já têm muitas regalias, o pior é que quem diz isto e outras coisas nem sabe do que fala, só sabe o que ouviu nos vários meios de comunicação social, que vivem à custa da publicidade que conseguem angariar junto das empresas, empresas estas que até são uma das partes interessadas no boato, é só por acaso é claro....

Passada esta fase, vêm os aumentos para os privados, e agora como os trabalhadores do privado durante semanas e semanas já foram bombardeados pelos males deste pais, os problemas da função publica, já só pensam no mal menor ou seja se não receberam abaixo do aumento da função publica já é óptimo.

Já não interessa que durante anos e anos têm sido aumentados com base na previsão de um valor da inflação, que depois na realidade fica muito acima dessa previsão;
Já não interessa os lucros que as empresas obtiveram;
Já não interessa o aumento de produtividade, que deveria ser reflectido no aumento dos salários;
Já não interessa que o custo de vida aumente à EU, e os aumentos salariais aumentem à pais africano.
Já não interessa....

Desta forma, o jogo vai continuando com sucesso, não para os trabalhadores, mas para os CIP`s deste pais, que depois ainda vêm com discursos a apelar para a sensibilidade do Zé...

Passados uns meses, não muitos – pois também não é preciso, porque o Zé é de memória fraca – os órgãos da comunicação social vem bombardear o Zé com os lucros das empresas, o aumento destes lucros, que se deve à forma com que os nossos zelosos gestores, gerem as empresas, com muita dedicação ao seu bolso, perdão, ao pais.

Ai começa a bolsa a funcionar, até o Zé vai comprar acções, pois fica bem... e as empresas precisam do incentivo...e logo a seguir a distribuição dos lucros pelos accionistas, porque o Zé, que até foi o que mais contribuiu para esses lucro, já teve o seu aumentozinho e anda todo contente, pois até teve direito a um aumento superior à função publica, e a acção que comprou até lhe rendeu uns cêntimos.

1 Comentários:

Às 11:27 da tarde , Blogger a.castro disse...

Após o 25 de Abril, nunca vi um Governo que roubasse tanto. Sei isso porque já não é a 1ª vez que sou roubado no montante da minha pensão de reforma. A 1ª vez que vi a minha pensão diminuir foi em Abril deste ano. Agora, em relação aos aumentos para 2007, verifiquei que no dia 7 de Dezembro, quando é paga a pensão de Dezembro mais o 13º mês, o aumento foi o mais pequeno de todos desde que estou reformado (Abril 2000).
Nota. Como este blog só aceita comments do "Blogger", vou fazer o login como tal, mas o meu blog actual é http://malaposta.wordpress.com/ Malaposta

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial