2006/11/01

SAÚDE E AS TAXAS

Quem trabalha é quem sofre com estes aumentos de impostos atrás de impostos, chamem-lhe os nomes que quiserem, tudo se resume a pagar.
Quem está "bem na vida" sempre foi a instituições privadas, pois não queriam sujeitar-se às esperas e às condições que existem nos Hospitais, Centros de Saúde, ... quem pode, pode e nada tenho contra, no entanto tirar ainda mais a quem não pode, porra somos um ESTADO SOCIAL.
Este governo nada tem de esquerda, reelembro declarações de quem pertence a este governo, no periodo em que ainda tinham alguma coisinha de esquerda, ou seja, altura em que não chegava os votos dos actores da alta finança, para o Engº Socrates ser eleito, agora já chega o dinheiro e as influências destes actores da alta finança para o Engº Socrates (des)governar, isto é até às próximas eleições.
Mas a culpa não é dele e dos amigos, pois eles orientam-se, a culpa é dos PORTUGUESES, sendo que passam a vida a ser como a Avestruz, metem a cabeça debaixo da areia.

2 Comentários:

Às 10:23 da tarde , Blogger a.castro disse...

Já é histórico que o PS português sempre governou para os ricos. Nos meus tempos de executivo, fazíamos almoços e jantares "de trabalho" No Porto e em Lisboa (Tivoli Jardim, normalmente). Eu mantinha-me calado porque era o único "comuna" do grupo. Os outros, psd's ou cds's, iam "botando faladura", e esta era a frase mais ouvida: "que se lixe, a gente até gama mais facilmente com o PS no governo."
Um ou outro lá se "descaía" e confessava: "bem, nas autarquias não há dúvidas de que os comunas são os melhores."
O sistema vai alternando entre o rosa-laranja-rosa-laranja e não saímos disto. Pela primeira vez na vida ouvi há dias uma dona dum quiosque a desabafar: eu não sou do PCP mas desta vez gostava que fosse o Jerónimo a ir para o governo. São sempre os mesmos e assim a gente podia comparar. O problema é que este exemplo é uma excepção e até os mais pobres votam nos partidos que governam para os ricos.

 
Às 3:10 da tarde , Blogger MJ disse...

Infelizmente quem acaba por gastar mais dinheiro com a saúde são as vítimas da falta de cobertura e articulação do SNS. Os ricos podem bem escolher e com isso podemos nós, mas os ditos não são parvos e sabem que não são só instalações de luxo que fomentam qualidade nos serviços. Contradições e hipocrisia são o pão nosso de cada dia de tais figuras.

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial