2007/07/16

Por enquanto é na Ásia, mas com o rumo que a Globalização anda a tomar, qualquer dia é aqui, em Portugal...

Sou maluco?
Não sou nada, se virem o que a inspecção do trabalho tem regredido nestes dez anos, podem ter a certeza, vamos lá chegar.

Ao longo destes tempos têm sido reduzidos drasticamente os meios humanos da inspecção do trabalho, hoje em dia os meios humanos são insuficientes até para fazerem telefonemas para as empresas denunciadas, a fim de as obrigarem a cumprir, somente, a lei.

Quem ganha com isso?
Principalmente as grandes empresas, da Construção Civil, do sector financeiro, etc... que continuam a cometer as mesmas ilegalidades de sempre contra os trabalhadores, a única diferença é que deixaram de pagar multas... isto só acontece porque estão metidos grandes “senhores ao barulho”, esta fiscalização não é feita devidamente, e não é por acaso....

O Zé povinho anda muito contente com a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), com os inúmeros show´s televisivos, das inspecções realizadas nas feiras, cafés, etc..., com as quais estou de acordo, no entanto ainda não percebeu que a ASAE não “toca” nos grandes grupos, limitando-se a atingir o elo mais fraco.

Com isto a comunicação social, fazendo o favor ao governo, faz os Zé`s sentirem-se muito seguros e contentes com as inspecções, fazendo com que o Zé não reflicta sobre os verdadeiros problemas e a inoperância real destas inspecções...











Etiquetas: ,

2 Comentários:

Às 3:40 da tarde , Blogger contradicoes disse...

Apoiado. Sem dúvida que esta propaganda não passa disso mesmo porque os grandes tubarões continuam fora da Lei impávidos e serenos no seu incumprimento.

 
Às 6:33 da tarde , Blogger Rui Faustino disse...

quando o ministro da economia vcai à China pedir aos empresários do país para investirem em Portugal com o argumento de que temos os salários mais baixos da europa... Está tudo dito sobre os planos que a burguesia portuguesa tem para os trabalhadores portugues!

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial